As provisões técnicas são valores constituídos pelas empresas no ramo de seguros (seguradoras, resseguradoras, empresas de capitalização, etc.) cujo produto é o risco, ou seja, a obtenção das estimativas dessas provisões é variável de acordo com o tipo de produto, por exemplo, existem diferenças para seguros de curto prazo e de longo prazo.

As provisões técnicas representam um instrumento fundamental na gestão das empresas que assumem o risco, pois, se superdimensionadas, compromete a distribuição de lucros das empresas, mas, se subdimensionadas, poderão conduzir à insolvência da empresa.

O IBNR é um tipo de provisão técnica que corresponde a compromissos financeiros futuros que as empresas no mercado de seguros têm para com os seus clientes. No caso do IBNR ele é uma provisão técnica que relaciona sinistros que ocorreram, mas não foram avisados a empresa.

Existem diversas técnicas tanto do ponto de vista determinístico, como do ponto de vista estocástico de se fazer a estimativa do IBNR. As principais técnicas para obtenção das estimativas do IBNR são:

  • Chain Ladder
  • Bornhuetter-Ferguson
  • Método de Mack
  • Método de Bootstrapping
  • Método de Cópulas

Em breve publicaremos nesta página alguma das diferenças de alguns dos métodos utilizados para realizar as estimativas de provisões.

by Jardel Monti – Sócio da Company Prime.



Deixe uma resposta